Valores

Síndrome do túnel do carpo em mulheres grávidas

Síndrome do túnel do carpo em mulheres grávidas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Síndrome do túnel carpal na gestante é motivado pela retenção de líquidos, que provoca sensações de dor, formigamento, queimação e fraqueza para agarrar as coisas. A prevenção durante a gravidez é essencial estar preparada após o parto para segurar o bebê com segurança.

O túnel do carpo é uma bainha que envolve uma série de ligamentos e ossos ao nível do punho. Quando as estruturas que o formam ficam inflamadas, estreitam o túnel e pressionam nervos e tendões, causando dormência na mão, falta de jeito e dor. Este processo é chamado Síndrome do túnel carpal.

É uma doença sofrida por pessoas que fazemmovimentos repetitivos com o pulso aqueles que aumentam a tensão ou que mantêm a mesma posição forçada por um longo período de tempo. No caso de gestantes, é motivado pela retenção de líquidos. Essa enfermidade diminui aos poucos após o parto, até parar de doer. É verdade que quando você tiver seu filho, colocar e tirar do berço, dar a mamadeira ou segurar, também pode causar e desta vez será pela realização de movimentos repetitivos com tensão.

A primeira coisa a fazer é evitar a retenção de líquidoss. Para isso, são boas massagens drenantes, exercícios para prevenir a formação de edemas, monitorar a constipação e tomar diuréticos sem abusos. Se forem naturais melhores, como o líquido de coco brasileiro, chá ou aspargos, sim, sem abusar.

Quando você já está sofrendo, devemos monitorar a retenção de líquidos mais de perto, usando talas noturnas, banhos de contraste, aplicação local de gelo, acupuntura e liberação fascial. O fisioterapeuta ou o osteopata cuidam deste último, pois existe todo um protocolo de ação para aliviar e tratar a enfermidade, além de poder encontrar todas as informações necessárias para preveni-la. E após o parto, quando a retenção de líquidos diminui, mas as mães começam a carregar o bebê nos braços, segurando-o, transportando-o do carro para o berço ou braços, esses movimentos se tornarão repetitivos por necessidade e sob o risco de sofrer de síndrome aumenta.

A dependência que o bebê tem da mãe, até que esteja completamente autônomo para andar, também terá um papel importante no acúmulo de tensão muscular na mãe. É muito comum as mães apresentarem dores nas costas, dores de cabeça, nos braços e nas mãos e relatam fadiga.

Por ele, é aconselhável que se cuidem fisicamente, que realizam alguns exercícios como Pilates, ioga ou ginástica de manutenção, todos com o objetivo de ganhar resistência muscular e minimizar a tensão muscular por meio de exercícios de correção postural e alongamento. Sim com tudo, não chega, uma ida ao fisioterapeuta ou um spa não vai doer. O importante é se cercar de profissionais e investir tempo e recursos para se cuidar cem por cento e depois se entregar de corpo e alma ao bebê.

Marián Zamora Saborit
Fisioterapeuta. Técnico de pilates
Psicomotricidade na Educação Infantil
Contribuidor do nosso site
Blog de Marián Zamora

Você pode ler mais artigos semelhantes a Síndrome do túnel do carpo em mulheres grávidas, na categoria Doenças - incômodo no local.


Vídeo: Remédios naturais para a síndrome do túnel do carpo (Fevereiro 2023).